E os padrinhos vieram para ficar e dizem...arre burro!

Depois de em Novembro/15 ter publicado um post sobre o apadrinhamento de burros em Portugal, através da Associação para a Preservação do Burro e da sua recente parceria com a Parques de Sintra, eis que me chega a informação, através da Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino, de que os burros de raça mirandesa têm vindo a ser também apoiados e são já mais 1.100 burros apadrinhados nos últimos 10 anos.

Cada padrinho ou madrinha está a ajudar a disponibilizar serviços veterinários e logísticos, bem como a contribuir para a dinamização de atividades de sensibilização, promoção e investigação da raça que "está ameaçada de extinção". 

O apadrinhamento tem o valor mínimo de 30 euros por ano, cada um dos interessados no apadrinhamento de um burro mirandês receberá toda a informação sobre o seu novo "afilhado", juntamente com uma fotografia e um certificado de apadrinhamento. Os padrinhos ou madrinhas de cada burro poderão visitar o animal apadrinhado "de forma gratuita" sempre que pretenderem, mas mediante marcação, no Centro de Valorização do Burro de Miranda, em Atenor, Miranda do Douro.

No caso de apadrinhamentos institucionais, podem fazer-se por um montante mínimo de 250 euros por ano, que pode ser deduzido no IRS ao abrigo da lei do mecenato ambiental.A instituição/empresa receberá toda a informação sobre o seu novo afilhado, juntamente com uma fotografia e um certificado de apadrinhamento.

Atualmente a Associação dispõe de 14 animais para apadrinhar, que poderão ser vistos no Centro de Burro de Miranda.

Toca a apadrinhar estes simpáticos animais!


Contactos

Pieces of Moments