23 Maio 2016

"Tudo o que alarga a esfera dos poderes humanos, que mostra ao homem que pode fazer o que pensava que não podia, é valioso."

Ben Jonson

Ao longo da nossa vida, deparamo-nos com "âncoras" que nos remetem para estados poderosos: pode ser algo que vemos, ouvimos, sentimos, saboreamos ou cheiramos. É tão bom quando se passa um dia inteiro na praia com umas sandochas 'como se não houvesse amanhã'; é tão bom quando alguns aromas nos remetem para a infância; é tão bom quando ouvimos 'aquela(s) música(s)'; é tão bom quando lemos um livro que parece que fala connosco. Sentir esses momentos é uma forma de 'ancoragem' a estados poderosos: estimulam-nos, desafiam-nos a ir mais longe, alavancam e elevam a nossa confiança e estado de espírito. A isto se chama de "viver o agora", ancorado a um estado poderoso de satisfação e de inspiração. Diria mais, é nesses momentos que "um músico deve fazer música, um artista deve pintar, um poeta deve escrever, se no fim quiserem estar em paz consigo próprios." (Abraham Maslow)

"Aquele que sabe muito sobre os outros pode ser um erudito, mas aquele que se compreende a si próprio é mais inteligente. Aquele que controla os outros pode ser poderoso, mas aquele que se dominou a si próprio é ainda mais poderoso." (Lao-Tsé, Tao-te Ching)

Estejam atentos/as às 'âncoras' das vossas vidas e sejam felizes.


Contactos

Pieces of Moments