Foi em 2011 que o Fado passou a Património Imaterial da Humanidade, deixando de ser apenas a canção de Portugal, a canção de Severa, Marceneiro, Amália, Carlos do Carmo, Camané, Ana Moura, Marisa, Carminho e tantos outros/as fadistas - passou a ser um tesouro do mundo. Um tesouro que fala de Portugal, da sua cultura, da sua língua, dos seus poetas, mas que também tem muito de universal nos sentimentos que evoca: a dor, o ciúme, a solidão, o amor. Deixo-vos abaixo, dois links com os fados da Rainha do Fado, Amália Rodrigues. Então, silêncio que vamos cantar o fado.
 
 
O Fado nasceu um dia, 
quando o vento mal bulia 
e o céu o mar prolongava, 
na amurada dum veleiro, 
no peito dum marinheiro que, 
estando triste, cantava, que,
estando triste, cantava.
 
Amália Rodrigues
Fado Português
 
 
 
 
 
 

Contactos

Pieces of Moments