Uma questão de moral...

15-11-2018 14:35

Este provérbio remete-nos para uma questão pertinente. Sempre que dou formação em Trabalho de Equipa, faço questão de abordá-la. Deste sábio provérbio, retiramos que em contexto de trabalho, não devemos misturar a amizade ou inimizade com as relações de trabalho. A nossa ética pessoal e profissional não deve ser colocada em causa por razões que se prendem com as nossas relações pessoais de amizade. Em contexto de trabalho, sigamos a regra da imparcialidade. Se o nosso colega ou a nossa colega é também nosso/a amigo/a, sempre que tiver uma postura incorreta, devemos dizê-lo com todo o respeito e clareza e não condescender, desvalorizar ou até "tomar partido". Por outro lado, se, pelo contrário, tivermos de colaborar com alguém com o/a qual não sentimos qualquer afinidade, que o façamos sem ripostar pois, em contexto de trabalho, não temos de ser amigos/as de todos/as os/as colegas, mas temos, sim, de ser bons ou boas colegas de trabalho. Não "misturemos as águas." Não se deverá perder o foco nem prejudicar a nossa imagem profissional. A questão da moral existe para além da esfera pessoal. Também deve existir na esfera profissional. Podemos ser o nosso melhor ou pior "cartão de visita". Deixem uma marca positiva na vida e no trabalho. Vale a pena pensar nisto.


Contactos

Pieces of Moments