A capacidade política de Portugal...

26-10-2017 14:03

Imagem relacionada

Porque considero que se deve partilhar o que para nós é relevante, enquanto cidadãos e cidadãs portugueses e portuguesas, este post surge na continuidade do último e muitos mais seguir-se-ão, na medida em que Marques Mendes é, na minha opinião, uma referência no que defende.

Falemos da capacidade política de Portugal e da necessidade de os políticos terem lucidez, coragem, visão estratégica e sensibilidade social. "Lucidez porque não se trata de cortar a eito nas funções do Estado, reduzindo-o a um mínimo que seria inaceitável (...) coragem, porque qualquer corte na presença do Estado, por pequeno que seja, causa oposições e suscita resistências. Há sempre muitos preconceitos ideológicos a vencer e alguma "parasitagem" que se alimenta, à custa de todos, da presença indevida e excessiva do Estado. Visão estratégica, porque a alavanca de desenvolvimento de um país não está no Estado, está na sociedade. Os países desenvolvidos não se caracterizam por terem Estados grandes, mas sim por usufruirem de sociedades fortes. Sensibilidade social, porque a vida moderna não dispensa a existência de uma dimensão social do Estado, por forma a garantir uma sociedade menos desigual, mais justa e solidária."

Portugal tem de ter uma "capacidade coletiva de pensar, de debater, de discordar e de ter coragem para mudar."

Vale a pena pensar nisto.


Contactos

Pieces of Moments