Pego no burrito e lá vou eu...

Asno ou burrojumentojeguejerico é um dócil animal que começou a ser domesticado por volta do ano 5000 a. C. e desde essa altura e durante muitos e longos anos foram o melhor amigo do homem, nos trabalhos da lavoura, sendo animal de carga e de montaria. O meu avô materno tinha um e eu ainda tive a sorte de andar e de ir com ele muitas vezes até ao campo. Como eu adorava. No entanto, com o passar do tempo, foi-se extinguindo devido à mecanização da agricultura. Faz parte também da tradição portuguesa pelo que, felizmente, em 2007 foi criada em Portugal a Associação para a Preservação do Burro (www.burricadas.org/), com o objetivo de acolher burros velhos, abandonados e/ou maltratados e de lhes dar bem estar. Para além disso, a Associação lançou a iniciativa do apadrinhamento de burros, de modo a cobrir despesas com resgates, alimentação e cuidados veterinários, uma vez que não dispoõe de qualquer outro apoio. Com este Programa, qualquer pessoa interessada em apoiar o projeto, poderá simbolicamente apadrinhar por um ano um dos burros, e assim colaborar nesta missão de ajudar a garantir o seu bem-estar. O Pacote de Apadrinhamento inclui um Certificado com fotografia do burro apadrinhado, o respetivo Historial e a possibilidade de vir a conhecer pessoalmente o animal. O apadrinhamento é oficializado através de um donativo de 25 euros anuais, mas os Pais Adotivos podem contribuir com outros donativos voluntários. A Tricas, a Carriça, o Duende, o Gaiato, a Flôr, o Carocho ou o Pardal, são alguns dos burros que podem conhecer e apadrinhar visitando a página da Associação. É de louvar o trabalho da Associação.

Recentemente a Associação fez uma parceria com a Parques de Sintra e criaram uma reserva de burros na Tapada de D. Fernando II, em Sintra. Assim, o objetivo será o de dar a conhecer o património natural da Serra de Sintra, bem como os simpáticos burros. Ao segundo e quarto sábado de cada mês, entre as 10h e as 12h, é possível ter acesso ao "Programa Famílias: aqui há burro!", em que é explicada a história deste animal ao longo dos séculos, seguida de passeio, no qual as crianças são transportadas nos burros, conduzidos à mão pelos pais. A atividade tem um custo de 10€ e destina-se a famílias com crianças entre os 3 e os 12 anos.

Mas, existe ainda o "Aniversário Burricando" para crianças e o "Arre Burro, Vou Casar", destinado a despedidas de solteiro. Se preferirem visitar apenas a reserva, sem montar os animais, terá apenas o custo de 5€.

Para mais informações, deverão contactar a Parques de Sintra.

Então de que estão à espera? Peguem no burrito e divirtam-se!


Contactos

Pieces of Moments