Cozido à Portuguesa...delícia de Inverno

De origem incerta, é um dos pratos típicos portugueses, comum a todas as Regiões do país (apenas com algumas variações de ingredientes), transversal em termos de classes sociais, que agrada a mais novos e mais velhos e que nos aquece e reconforta nos dias mais frios que se aproximam. 
Se é de origem judaica, castelhana ou se teve origem nos Descobrimentos, com o Infante D. Henrique no século XIV, o que é certo é que mesa que é mesa tem, desde há muito, Cozido à Portuguesa no Inverno (e no Verão, embora não seja a mesma coisa).
Com grão ou sem grão, com arroz ou sem arroz, com feijão ou sem feijão, com galinha ou sem galinha, com carne de porco ou sem carne de porco e independentemente do tipo de enchidos e da maneira como se juntam e cozem os ingredientes, o Cozido à Portuguesa é intemporal e deixa-nos um caldo hiper-saboroso para uma boa sopa de massa com folhinha de hortelã. Até já imagino o cheirinho.
Uma curiosidade: a primeira receita publicada em Portugal data do século XVII e só a partir desta altura é que se começou a usar batata no Cozido.
É um prato para "fortes" mas também não se come todos os dias.
 
Então, sirvam-se. A travessa está na mesa!

Contactos

Pieces of Moments