E desde ontem, 29 de setembro/15, que o “museu saiu à rua”, nas zonas do Chiado, Bairro Alto e Príncipe Real, em Lisboa. A iniciativa  intitulada por Coming Out, E se o Museu saísse à rua? é da responsabilidade do Museu Nacional de Arte Antiga,  e apresenta reproduções de 31 das suas obras-primas. Por Lisboa antiga poderão agora apreciar-se, entre outros, O Retrato do Rei D. Sebastião, pintado em 1571 por Cristóvão de Morais, ou a Senhora das Dores, de Quentin Metsys (1511). À lista juntam-se Salomé com a cabeça de São Batista, de Lucas Cranach, o Velho (1510-1515) e a Virgem com o menino e os Santos, da autoria de Hans Holbein (1519). Com este evento o Museu Nacional de Arte Antiga pretende chegar mais perto do público tanto nacional como estrangeiro na divulgação do património artístico e histórico português. Como disse e muito bem o nosso Fernando Pessoa, "É o tempo da travessia e se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos."  Atrevo-me a dizer que o Museu Nacional de Arte Antiga "fez a travessia". Uma iniciativa diferente e original.

 

 


Contactos

Pieces of Moments