De acordo com um estudo da Universidade de Washington, adequar a sua abordagem à personalidade do seu filho ou filha ajuda a fazer muito mais do que apenas encorajar o bom comportamento, reduzindo o risco de ele/ela ser ansioso/a ou depressivo/a quando for mais velho/a . Para o/a ajudar a crescer emocionalmente saudável, você primeiro precisa descobrir qual a personalidade dele/dela. Existem abaixo um conjunto de questões que permite descobrir qual o temperamento que melhor descreve o seu filho ou filha bem como dicas para trazer à tona o que há de melhor nele ou nela.

  1. Quando estava a aprender a andar, o seu filho/filha…
  1. Teve problemas em se soltar de si.
  2. Ele/ela começou a correr assim que conseguiu dar o primeiro passo.
  3. Ficou feliz em continuar gatinhando.
  4. Estava determinado a conseguir andar sozinho.
  1. Enquanto você está a preparar o jantar, o seu filho/filha provavelmente…
  1. Fica no sofá a ver livros.
  2. Corre pela casa, trepa pelo sofá e começa a montar um quebra-cabeças, tudo isso em cinco minutos.
  3. Brinca com os seus brinquedos ou fica junto do/a irmão/irmã. Porém, se você pedir, ele fica feliz em arrumar a mesa.
  4. Continua a montar o Lego que começou a fazer dias atrás.
  1. Se você está a visitar o jardim zoológico, o seu filho/filha é mais tendencioso/a a…
  1. Chorar quando o leão ruge.
  2. Correr para ver o próximo animal.
  3. Deixar você guiá-lo pelo passeio.
  4. Insistir em ver os macacos primeiro, porque são os seus favoritos (e fica chateado quando você pára primeiro nos ursos polares).
  1. Quando seu filho/filha está a desenhar, provavelmente ele/ela irá…
  1. Trabalhar no desenho quieto até que o seu lápis de cera quebre, o que desencadeia uma crise.
  2. Rabiscar furiosamente por alguns minutos, perder o interesse e buscar outra atividade.
  3. Colorir contente, sussurrando enquanto trabalha no desenho.
  4. Começar três vezes porque o desenho não está bom o suficiente.
  1. Se ele/ela está a começar um novo curso ou atividade em grupo, você fica mais preocupada que…
  1. Ele se recuse a participar enquanto você estiver lá.
  2. Tenha problemas por ele não prestar atenção.
  3. Na verdade, você não se preocupa, ele lida muito bem com novas situações.
  4. O seu filho tente ser a estrela e fique exibindo as suas habilidades para toda a gente.
  1. Numa reunião de família com muita gente que o seu filho/filha não conhece, ele/ela tende a…
  1. Se esconder atrás de si e a ficar a olhar para o chão.
  2. Correr pela casa, batendo em todas as coisas que encontra no caminho.
  3. Juntar-se às outras crianças para brincar no jardim.
  4. Convencer as outras crianças a fazer um show para os adultos.

Confira agora os resultados:

Se você escolheu mais 1: O seu filho/filha é sensível.

Emocional e cauteloso, ele/ela tem problemas em lidar com com mudanças e novas pessoas. Por outro lado, as crianças com esse tipo de temperamento tendem a seguir regras com bastante consciência.

  • Prepare-o/a para situações desafiadoras. Se ele/ela tiver que ir a um aniversário onde você não estará, dê o passo a passo. Por exemplo, diga que ele/ela deve entrar, deixar o presente junto com a pilha, dar os parabéns ao amigo ou amiga e depois se juntar às outras crianças para brincar.
  • Reconheça as emoções. Caso ele/ela faça uma birra  quando você desligar a televisão, diga que você entende pois ele/ela queria assistir a mais um desenho, mas que agora farão outra atividade e deixe-o escolher qual.
  • Use elogios específicos. Crianças sensíveis gostam de agradar aos seus pais, então comemore o bom comportamento, especialmente nas situações em que ele/ela precisa de superar os próprios medos.

Se você escolheu mais 2: O seu filho/filha é impetuoso/a.

Impulsivo/a e energético/a, tem dificuldade em se sentar e se concentrar numa tarefa. Ele/ela também fica entusiasmado/a com todas as situações.

  • Reforce as regras. Dê explicações claras, repita-as com frequência e seja consistente. Isso é necessário porque o seu filho/fiilha se distrai facilmente. Olhar nos olhos enquanto fala com ele/ela também é muito importante.
  • Planeie com antecedência.Certifique-se de que o seu filho/filha não está com fome, cansado/a ou entediado/a antes de um evento, já que esses fatores tendem a incitar problemas de comportamento. Se ele/ela ainda tiver que sentar e esperar durante algum tempo (como em um casamento), deixe-o queimar energia de antemão e leve algum brinquedo para que ele possa ficar com as mãos ocupadas.
  • Atribua uma tarefa. Se você está num parque de diversões, peça para que ele empurre o carrinho do irmão. 

Se você escolheu mais 3: O seu filho/filha é maleável.

Ele/ela raramente discute e geralmente faz o que lhe é pedido. Mas ele/ela pode ser relutante em fazer mais que o mínimo. Como um seguidor de vontades, ele pode se meter em sarilhos por seguir outra criança que gosta de testar os limites.

  • Sussurre alto para alguém sobre como ele/ela fez algo muito certo ou com eficiência e o quanto você ficou orgulhosa, funciona até falar com os bichinhos de peluche! É fácil garantir o bom comportamento do seu filho/a, mas você deve reconhecer isso, para que ele/ela não precise de procurar a sua atenção.
  • Ajude-o a ser mais assertivo. Encoraje o seu filho a se impor ao invés de seguir a multidão. Se os amiguinhos estão se comportando mal, ele deve saber se impor e não os seguir.
  • Seu filho pode mal piscar quando você grita com ele para que se apresse e pode ser que nem se importe em ser privado de algo que deseja. Ao invés disso, motive-o com incentivos, por exemplo, diga a ele que pode chamar o amigo para brincar em casa quando acabar a lição.

Se você escolheu mais 4: O seu filho/filha é determinado/a.

Crianças com essa característica adoram estar no controlo de tudo e amam vencer. Elas são muito orientadas através de metas e podem ter dificuldades em se comprometer. Por outro lado, são persistentes, aplicadas e líderes natos.

  • Deixe-o/a palpitar numa decisão. Dê opções ao seu filho/filha ao invés de apenas ditar o que ele/ela deve fazer. Por exemplo: “Tu queres colocar o pijama ou escovar os dentes primeiro?”
  • Comece uma corrida. O seu filho/filha vai adorar competições, então use brincadeiras de “crianças contra adultos” e desafios contra o tempo para motivá-lo/a. Por exemplo: “consegues guardar todas as peças de Lego antes de eu contar até 20?”
  • Dê avisos. Crianças extremamente focadas não gostam de ser interrompidas nas suas tarefas e precisam de muitos avisos sobre transições. Antes de fazê-lo/a parar de brincar, por exemplo, dê a ele/ela avisos entre 15, 10 e 5 minutos até ao momento de interrompê-lo/a.

Muitas crianças não se encaixam numa única resposta. Se o seu filho/filha mostra características de mais de um tipo de personalidade, tente as recomendações de ambas as categorias que você selecionar. Nenhuma técnica vai funcionar todas as vezes, então quanto mais opções você tiver para a disciplina ser eficaz, maiores serão suas chances de reduzir as explosões.

BOM TRABALHO!


Contactos

Pieces of Moments