Porque somos seres emocionais

15-09-2015 13:58

“Nós somos seres emocionais que aprendemos a pensar, e não máquinas pensantes que aprendem a sentir.” – Stanislawski Bachrach

Exatamente isso, mas nem temos disso consciência ou então pensamos que é ao contrário: que somos máquinas pensantes, que temos de racionalizar a tempo inteiro, não sentindo o que pensamos, o que decidimos, o que fazemos. Não pretendo com isto dizer que temos de ser apenas seres emocionais, o que tem de existir é um equilíbrio saudável entre a máquina pensante e a máquina emocional, ou melhor, antes de a máquina pensante atuar terá de questionar a máquina emocional para que esta valide ou não o pensamento.

Mas, e se a máquina emocional não estiver a 100%? Importa pensar aqui na importância da qualidade da infância de cada um/uma de nós. Há dias, li um artigo que referenciava que "crianças amadas se tornam adultos que sabem amar". Ora aqui temos uma matéria importante que cada um deve analisar. Como foi a nossa infância e como está a ser a infância das nossas crianças? Feliz, assim-assim ou complicada e traumática?

Por outro lado, há que desmistificar também a questão da infelicidade na infância ou da menor felicidade. Por vezes, ela não é condicionadora mas antes uma força, uma alavanca para um adulto formidável, para um ser emocional brilhante.

Pois bem, fica a reflexão.


Contactos

Pieces of Moments