Tudo é uma questão de crença...

10-05-2016 17:58

No post de ontem abordei a questão das nossas crenças bem como o facto de elas poderem ser orientadoras e facilitadoras da nossa excelência ou, pelo contrário, de poderem ser limitadoras.

Mas, de onde vêm as crenças? Qual a sua origem? Por que razão encontramos pessoas cujas crenças as levam ao sucesso e outras em que as crenças as ajudam a fracassar?

Ora bem, a 1ª fonte criadora de crenças é o ambiente em que nascemos e crescemos: se alguém viver num ambiente de frustração e de privações, as suas crenças e sonhos vão ficar afetados e ser-lhe-á muito dificil visualizar uma imagem de sucesso; por outro lado, se crescer no meio da riqueza e do sucesso ou se crescer num ambiente que lhe dê exemplos, modelos de pessoas que tenham superado as suas provações e que vivam com alegria, vai criar nessa pessoa a crença de que isso será também possível para ela.

A 2ª fonte criadora de crenças são os pequenos ou grandes acontecimentos que ocorreram nas nossas vidas, experiências que nos marcaram e que têm o grande potencial de mudar as nossas vidas.

A 3ª fonte é o conhecimento: através da leitura e dos filmes, vemos o mundo pelos olhos dos outros e isso faz-nos libertar das nossas crenças limitadoras. Abre-nos novos horizontes e dá-nos novas interpretações.

A 4ª fonte são os nossos resultados passados: se fizemos algo no passado, conseguimos repetir isso as vezes que quisermos pois o resultado positivo que obtivemos deu-nos a crença de que seremos de novo bem sucedidos.

A 5ª e última fonte consiste na criação na mente ou na visualização da situação futura que queremos viver como se ela estivesse a ocorrer agora.

Tudo isto mibiliza as nossas crenças, nós absorvemos as coisas boas e más do mundo à nossa volta mas nós podemos controlar as nossas crenças, podemos mudá-las, podemos moldá-las.

Tal como referiu John Molton "A mente em si própria, consegue fazer um Céu do Inferno ou um Inferno do Céu."

Good Work! 

 


Contactos

Pieces of Moments