Somos jardins e jardineiros...

03-05-2016 08:42

"Os nossos corpos são os nossos jardins...as nossas vontades são os jardineiros", disse um dia William Shakespeare. Podemos ser bons jardineiros e cultivar, cuidar bem ou não do nosso "jardim" que somos nós mesmos/as. Podemos ou não optar por good wills: delicadeza, sensibilidade, cortesia, generosidade, capacidade de apreciar o belo, capacidade de amar. 

Cultivar um jardim exige maestrias. É preciso estar atento a detalhes e alimentar paciências. Não se pode esperar que um jardim surja de um acaso, e nem que fique bonito de um dia para o outro. E, principalmente, não se pode esperar gerânios ou rosas, onde lançamos sementes de cravos ou jasmim.

Como esperar que os/as nossos/as filho/as se interessem por leitura, se eu nunca "plantei" um livro nas suas vidas? Como pedir a eles/elas delicadeza no trato com os mais velhos, se não consigo apreciar alguns minutos de convivência com  os meus pais? Como esperar uma vizinhança solidária, se eu jamais os cumprimento? 

Jardins não nascem espontaneamente. Eles são cultivados. As belezas surgirão na medida em que as plantarmos, porque nós somos um jardim. Cultivemo-lo bem.

O belo da vida é que somos permanentes jardins cultiváveis. Sempre há tempo. Fica a reflexão.


Contactos

Pieces of Moments