São João, São João, São João...Viva a Tradição

23-06-2016 07:49

Se Santo António nos brindou com as suas tradicionais e lindas marchas populares, São João não fica atrás e prossegue agora com a festa dos Santos Populares. Prossegue com os seus arcos e balões, com as sardinhas assadas e com os seus grupos de marchas populares. Santo António dá o mote de entrada e São João continua com a festa. Repetem-se as fogueiras e os manjericos, repetem-se os convívios de rua, a música e a alegria. Existe uma alegria exuberante e contagiante. São João é vivido um pouco por toda a parte, nomeadamente nos Açores, na Lourinhã, Alhandra e em Évora, mas o maior evento realiza-se a Norte, no Porto.

São João do Porto  tem lugar de 23 para 24 na cidade do  Porto. Oficialmente, trata-se de uma festividade católica em que se celebra o nascimento de São João Batista, que se centra na missa e procissão de São João no dia 24 Junho, mas a festa do S. João do Porto tem origem no solstício de Junho e inicialmente tratava-se de uma festa pagã. As pessoas festejavam a fertilidade, associada à alegria das colheitas e da abundância. Mais tarde, à semelhança do que sucedeu com o Entrudo, a Igreja cristianizou essa festa pagã e atribui-lhe o S. João como Padroeiro.

Trata-se de uma festa cheia de tradições, das quais se destacam os martelos de plástico, os tradicionais saltos sobre as fogueiras espalhadas pela cidade (normalmente nos bairros mais tradicionais), os vasos de manjericos com versos populares e o tradicional fogo de artifício à meia-noite, junto ao Rio Douro e à ponte de D. Luís I. O fogo de artifício chega a durar mais de 15 minutos e decorre no meio do rio em barcos especialmente preparados, sendo acompanhado por música num espectáculo multimédia.

Não se conhece com rigor quando teve início a festa do S. João do Porto. Sabe-se, pelos registos registos do Séc XIV, já que Fernão Lopes, por essa altura se terá deslocado ao Porto para preparar uma visita do Rei, tendo chegado na véspera do S. João, deixou escrito na Crónica que era um dia em que se fazia no Porto uma grande festa, descrevendo-a e como era vivida pelas gentes do Porto. É no entanto possível que essa festa fosse mais antiga, pois existia uma cantiga da época que dizia até os moiros da moirama festejam o S. João.

O São João está aí para nos contagiar. Um Bom São João!


Contactos

Pieces of Moments