Sair da ilha para ver a ilha...

23-09-2015 12:56

 

"Quero encontrar a ilha desconhecida, quero saber quem sou eu quando nela estiver" MAS "É preciso sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se de nós não saímos". Por sugestão de uma colega, foi-me ontem sugerida esta frase de Saramago, retirada do seu conto "A Ilha Desconhecida". Nesse conto, um homem tinha um sonho, o de conseguir ir até à Ilha Desconhecida pois queria descobrir quem era quando lá estivesse. Mas, e o que é a "ilha"? A "ilha" era ele próprio, somos todos nós, cada um/a de nós é uma "ilha" e temos aí a nossa zona de conforto, onde tudo está bem desde que nada interfira nas nossas rotinas, hábitos, vidas. Tudo está bem quando nos sentimos seguros/as, tranquilos/as e conseguimos controlar os acontecimentos. Mas, porque a vida é uma roda giratória, todos nós enfrentamos de vez em quando, os "tais" momentos de instabilidade que surgem como "motores de busca" de novas oportunidades e de novas aprendizagens. E aí, temos de sair da "ilha" para termos a capacidade de olhar para ela de longe, de olhar para nós próprios/as e de nos analisarmos. Temos de "pegar num barco" e olharmos de longe para o que éramos, para o que somos, para o que queremos ser. O que vamos "ver" será algo diferente. A "ilha" já não será igual. Somos já diferentes.


Contactos

Pieces of Moments