Quinta de Covela...um divino solar renascentista

02-08-2017 12:12

Resultado de imagem para quinta de covela baião

Situada em Baião, no Distrito do Porto, datada do séc. XVI, a antiga Casa de Covela, formada pelas ruinas do solar renascentista, os lagares e a capela, testemunha a presença multissecular da produção de vinho e a importância histórica desta quinta. 

Nos anos 5o do séc. XX, Covela pertenceu a Manoel de Oliveira, um dos mais importantes cineastas europeus da metade do século passado até à atualidade. O realizador, falecido aos 106 anos de idade, também ele um "Homem do Renascimento", transformou a quinta em várias frentes, construindo aquedutos, muros maciços, casas de pedra e eiras de granito para secar o milho aqui cultivado.  

Num anfiteatro natural com exposição a Sul nas encostas do rio Douro, situado na fronteira entre a zona granítica da Região dos Vinhos Verdes e a região de xisto dos Vinhos do Porto, situa-se, desde o Século XVI, a Quinta de Covela. Com vistas panorâmicas sobre o rio, a quinta tem 49 hectares, dos quais 18 plantados com vinha, distribuidos por duas freguesias do Baixo Douro, São Tomé de Covelas e Santa Cruz do Douro, reconhecidas pela sua extraordinária beleza natural e pela sua rica história cultural. 

Portugal é assim mesmo...infindável em termos de beleza natural. De uma riqueza inesgotável.

 

    •  

     

     

     

     

      •  
      • 1

      •  
      • 2

      •  
      • 3

      •  
      • 4

Apresentação

 

Num anfiteatro natural com exposição a Sul nas encostas do rio Douro, situado na fronteira entre a zona granítica da Região dos Vinhos Verdes e a região de xisto dos Vinhos do Porto, situa-se, desde o Século XVI, a Quinta de Covela.

Com vistas panorâmicas sobre o rio, a quinta tem 49 hectares, dos quais 18 plantados com vinha, distribuidos por duas freguesias do Baixo Douro, São Tomé de Covelas e Santa Cruz do Douro, reconhecidas pela sua extraordinária beleza natural e pela sua rica história cultural.

 


Contactos

Pieces of Moments