Great Place to Work: 21 empresas portuguesas são QEPerformers

03-05-2017 15:22

Resultado de imagem para great place to work 2017

O clima organizacional e as práticas sociais são fatores que fazem a grande diferença em contexto empresarial. Diferenciam as empresas menos boas ou "mais ou menos" das melhores. O foco nos colaboradores e a excelência das políticas de gestão de pessoas fazem parte do seu ADN. Em 27 de abril/17, a Great Place to Work, entidade norte-americana dedicada à investigação anual relacionada com o ambiente de trabalho, reconheceu o mérito a 21 empresas portuguesas relativamente ao ano de 2017, as quais passo a destacar aqui. Contudo, as 3 empresas portuguesas que estão no topo do Ranking em cada escalão são as seguintes:

Empresa com mais de 250 trabalhadores: Roff

Empresa entre 100 e 250 trabalhadores: Cisco Systems

Empresa com menos de 100 trabalhadores: SAS Institute Software (vencedor das categorias sociais de Atracão de Jovens Talentos, Liderança, Saúde e Bem Estar)

O resultado deste tipo de estudo e de inquérito não é mais do que a manifesta prova do interesse que os colaboradores evidenciam em contribuir para a melhoria das empresas, como resultado direto das ações desenvolvidas pelos seus líderes. Estas empresas são QEPerformers e os/as seus/suas líderes são visionários/as. Sabem que o "caminho" da sustentabilidade empresarial é feito com pessoas e com o apoio e o entusiasmo destas. Um/uma líder visionário/a mede o seu sucesso com base nas vidas que "toca" e nas pessoas que ajuda a transformar. Não mede o sucesso pela dimensão do seu poder mas pelo número de pessoas a quem delega poder. Quando as pessoas vivem e trabalham ao mais alto nível das suas capacidades, os lucros são uma consequência natural.

Um/uma líder visionário/a rege-se pelos princípios da honestidade, perseverança, paciência, constância, lealdade, coragem e humildade.

Deixem-se transformar e potenciar em líderes visionários/as.


Contactos

Pieces of Moments