Da minha aldeia sou os olhos de Portugal...

18-07-2017 12:34

Resultado de imagem para dornesResultado de imagem para sisteloResultado de imagem para paderne

Falemos de essência, do que ainda não se perdeu nas lindas Aldeias de Portugal, agora reconhecidas como as Maravilhas de Portugal e que tão bem traduzem a genuinidade, diversidade e beleza deste país.

Iniciou já no passado dia 9 de Julho/17 o Concurso 7 Maravilhas de Portugal - Aldeias, tendo sido eleitas como finalistas a aldeia de Santa Clara-a-Velha (Odemira) e de Dornes (Ferreira do Zêzere), na categoria de aldeias ribeirinhas; a 2ª gala teve lugar no Domingo seguinte, no passado dia 16 de Julho/17, em que as aldeias de Sistelo (Arcos de Valdevez) e Paderne (Albufeira), venceram na categoria das aldeias rurais.

Estas quatro aldeias finalistas juntar-se-ão a outras que serão apuradas nos próximos Domingos, até 20 de Agosto/17, para a gala final, a qual se realiza a 3 de setembro no Piódão.

Parabéns Aldeias de Portugal. Parabéns Portugal. Tal como poetizou um dia o nosso Fernando Pessoa:

"Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...

Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer,

Porque eu sou do tamanho do que vejo

E não do tamanho da minha altura...

 

Nas cidades a vida é mais pequena

Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na cidade as grandes casas fecham a vista à chave,

Escondem o horizonte, empurram o nosso olhar para longe de todo o céu,

Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,

E tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver."

 

“O Guardador de Rebanhos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa. 

 


Contactos

Pieces of Moments