Carnaval de Torres Vedras...onde a alegria contagia

27-02-2017 12:38

 

Centenário, inigualável, divertido, bem português, original, que arrasta de ano para ano verdadeiras multidões, encantador, entusiasta, em que as noites são iguais aos dias, em que o Rei e a Rainha são Torreenses animados, em que foliões e folionas amam de coração dançar até mais não, seja atrás do Tócandar, seja nos largos da cidade, onde a música só pára de tocar de manhã...este é, sem qualquer dúvida, um Carnaval geuinamente português e folião. Ninguém lhe fica indiferente e, tendo em conta informações da Câmara Municipal, ontem, o Corso Diurno, ultrapassou de novo o record de visitas. A noite de hoje promete igualar ou até mesmo ultrapassar a noite de sábado. É assim, o meu Carnaval, o Carnaval que acompanho desde criança e que, de ano para ano, foi ficando maior, maior e maior. Se antes, o Carnaval se limitava aos Corsos Diurnos, a pouco e pouco, com o crescimento da dinâmica noturna, surgiram também os Corsos Noturnos. A cidade fica cheia de vida, quer de dia, quer de noite. É o evento esperado do ano. 

A monarquia foliona foi decretada na passada 6ª feira em mais um ano e assim reinará até à próxima 4ª feira de cinzas. O tema deste ano é "Brinquedos e Brincadeiras" e são oito os carros alegóricos de 2017: "Taça Eiffel", "A Geringonça", "Que Susto", "O Dono dos Brinquedos", "Dominó da Europa", "Caçando Zékemons", "To(y)rres stories, em busca do Choupal Perdido", para além do Carro dos Reis. Inicialmente, estes carros eram de tração animal, passando depois a ser puxados por tratores, sendo agora utilizados carros automotorizados.

Depois, dois mil foliões integrados em 47 grupos, desfilaram na noite de sábado no âmbito do concurso de mascarados. "Para Andar tem de montar" ganhou os prémios do público e dos grupos e "Foliões cá do sítio – Pula folião" o da Real Confraria do Carnaval de Torres. Temos ainda os tradicionais cabeçudos - ícones do carnaval torreense - havendo a registar a despedida de dois por terem foliado de 2002 a 2016 e já estarem desgastados (A Preta e o Lutador de Sumo) e que se encontram carinhosamente expostos no Arena Shopping.

Mas, são as matrafonas, um dos principais ex-libris da festa, com o seu à vontade, grande proximidade com o público e boa disposição.

Hoje, a noite promete de novo com o Corso Trapalhão, no decorrer do qual se realizará o concurso de "matrafonas" e o Tocándar mais uma vez sairá à rua, arrastando uma "onda" gigantesca de animação e alegria. Vale tudo...os pés têm forçosamente de sair do chão e a alma esfuziar de alegria.

O Carnaval é a imagem de marca da cidade, que se tornou a cidade-capital do Carnaval. Venham e ficarão "contagiados/as" de alegria.

BOM CARNAVAL! E...ATÉ JÁ!


Contactos

Pieces of Moments