A necessidade de relembrarmos que somos mortais...

09-05-2017 15:21

Resultado de imagem para oportunidades da vida

"É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma do que ter uma oportunidade e não estar preparado" (Whitney Young Jr.). Esta foi a "frase com poder" que escolhi para hoje. Quase todos e todas nós vivemos cada dia como se tivéssemos à nossa frente todo o tempo do mundo, persuadidos/as de que podemos deixar para a semana seguinte qualquer nova oportunidade, a aprendizagem de novas capacidades ou qualquer outro objetivo que pretendamos atingir. Por outro lado, convencemo-nos de que, no imediato, temos muitos assuntos importantes que exigem a nossa atenção. Ora, ao relembrarmos a nossa condição de mortais, de que a vida é curta e de que cada dia pode ser o último dia que temos, reavivamos o sentido de urgência e de dinâmica que nos falta enquanto líderes de nós mesmos e de nós mesmas. Habituamo-nos a não adiar o que é importante. Cada dia torna-se numa "obra de arte", num tributo à arte de viver. Deixamos de cismar nos fracassos do passado e de nos inquietar com os acontecimentos futuros. Ou atuamos criativamente sobre a vida ou é a vida que atua sobre nós. Não perder tempo a pensar no sucesso das outras pessoas e focalizarmo-nos na nossa visão do futuro. Cada minuto desperdiçado é um minuto roubado às nossas vitórias. Não devemos adiar os sonhos e protelar o tipo de líder que sabemos que podemos ser. É agora que devemos correr riscos, testar novas estratégias, mostrarmos às pessoas como as apreciamos, subirmos à "montanha" da vida e contemplar dos mais altos cumes: veremos coisas que outras pessoas não viram. Viver cada dia como se fosse o último, caso contrário, morreremos sem termos exprimido o melhor que temos e somos.

Deixem-se inspirar, deixem-se potenciar.


Contactos

Pieces of Moments